Coaching - de A para B

Coaching - de A para B

 

Coach é uma palavra inglesa, mas de origem húngara (kocsi). No século XVI, começou a produzir carruagens cobiçadas pelo seu conforto – foram as primeiras a ser produzidas com suspensão de molas de aço. Assim, as carruagens de Kocs eram chamadas de kocsi szeker. Os nativos dessa cidade também são chamados de kocsi. E é esse vocábulo que os ingleses entendiam como "coach". Portanto, o primeiro significado da palavra coach é "carruagem" e não propriamente treinador.

Com o passar do tempo, surgiu uma metáfora. Do mesmo modo que a carruagem leva as pessoas de um lugar para outro, o coach era a forma como se chamava o tutor que conduzia outras pessoas pelos diversos campos do conhecimento. Conta-se também que as famílias muito ricas, quando em longas viagens pela Europa, levavam servos no interior da carruagem, que liam em voz alta para as crianças o que elas tinham de aprender. Esse servo passou a ser chamado de coach.

Na segunda década do século XIX, os alunos da Universidade de Oxford adotaram a gíria "coach" para designar os professores que os auxiliavam nos exames finais. Em seguida, a própria universidade começou a chamar os técnicos das equipes desportivas desse modo. Portanto, o segundo significado da palavra é "técnico".

Nas décadas de 1950 e 1960, o gigantismo das operações empresariais impulsionadas pelo mercado de capitais gerou alguns desafios. Primeiramente, para obter resultados maiores, os profissionais mais antigos foram dispensados. Isso acarretou a perda de experiência relevante para as empresas, que se viram obrigadas a recontratá-los, mas como consultores externos. E, segundo, o aumento do número de subsidiárias em países distantes fez surgir a necessidade de formar líderes. Daí a necessidade de um novo tipo de profissional: o coach.

Assim, a pergunta que deu origem ao que hoje conhecemos como processo de coaching foi: "É possível criar e desenvolver um líder?". E, se isso é possível, como fazê-lo?

A resposta a essa pergunta é: sim, é possível desenvolver um líder.

A maioria das pessoas tem condições de se formar em liderança – diga-se de passagem, querendo ou não, todo o indivíduo é líder da sua própria vida.

 

Ao longo do tempo, descobriu-se que desenvolver um líder nada mais é que desenvolver um ser humano. Mas, o que se desenvolve são as suas dimensões humanas.

 

Assim, coach é um profissional especializado no desenvolvimento de competências de liderança e de desenvolvimento humano que conduz o processo de coaching através de metodologia específica fazendo uso de várias ferramentas oriundas da Psicologia, Neurociência.. levando o seu cliente de um determinado ponto A, para um outro ponto desejado B.

Coaching é o nome do processo.

Coachee é o nome que se dá ao cliente que contrata o Coach.